sexta-feira, 2 de setembro de 2011

DOCE DE LEITE EM BOLAS (nordestino)


Finalmente consegui um tempinho para postar esta receita. É um doce de leite diferente, se você não é nordestino, não vai conhecer. Minha avó sergipana fazia muito e eu amava comer, pois fica umas bolas de leite saborosas... mas ela morreu e nunca conseguirmos entender a receita direito. Minhas tias até explicavam, mas nada... dava errado. Até que um dia minha mãe ficou prestando atenção num nordestino que fazia o doce escondidinho pra ninguém pegar a receita.. ah, não deu outra, pimba! Minha mãe guardou de cabeça o jeito de fazer e anotou a bendita receita. E agora vou desvendâ-la aqui pra vocês, porque eu gosto de compartilhar o que é bom com todos, tá bom? Este doce não fica liso e nem fica parecendo carne moída branca (ahahah era assim que ficava meus doces e o de minha mãe). Ele parece com ambrosia. Vamos aos ingredientes.

INGREDIENTES
4 litros de leite "gordo" integral. Tem que ser bem "gordo". Como vivemos a maioria em centros urbanos, compre o leite tipo "A" que é o que contém mais gordura; vamos precisar do coalho, e estes leites modernos quase não tem gordura. Se você mora na fazenda, é fácil é só assaltar a vaca kkkkk.
1/2 copo de vinagre
côco ralado grosso (melhor o fresco viu, o comprado em saquinhos não fica bom), se desejar não colocar o côco também fica muuuuito bom.
1k de açúcar


MODO DE FAZER (siga exatamente senão não dá certo)

Ponha 3 litros de leite para ferver e reserve o outro. Quando estiver quase fervendo, coloque o vinagre e deixe ferver mais um pouco SEM MEXER.
Desligue o fogo, deixe esfriar e coe cuidadosamente numa peneira ou escorredor de macarrão. Não fique manipulando o coalho com a colher. Ponha novamente na panela e leve ao fogo, ponha o açúcar (se quiser caramelize um pouco antes), o leite que sobrou e o côco ralado. Deixe ir fervendo no fogo baixo e não fique mexendo. Apenas vire de vez em quando as bolas de coalho para que não se desmanchem. Deixe ferver até virar um ponto de calda.
OBS: JOGUE FORA O SÔRO DO LEITE, embora nutritivo, para esta receita não servirá pra nada.
Espere esfriar e confira. Se você é fã de doces e em especial de doces de leite, vai amar esta receita. E parabéns pelos nordestinos que mantêm esta tradição de fazer doces tão gostosos e saborosos. Em minhas veias corre muito sangue nordestino, de um pai sergipano maravilhoso. bjos pai.


MENSAGEM DO DIA

Romanos 13: 8 " A ninguém devais coisa alguma a não ser o amor"
É isso aí gente, não fiquem com coisas pendentes em sua vida por muito tempo. Isto é atraso de vida. Amarra a gente. Não fique adiando aquela conversa com seu filho(a), aquele momento com Deus que você tanto precisa (esta é pra mim), jogar as coisas inúteis do seu armário fora... tá certo que para todas as coisas há um tempo certo, mas as vezes estamos adiando tudo por pura covardia. Hum... nada disto, você sabe quando tem que fazer suas coisas; não arranje desculpas para si mesmo. Arregace as mangas e comece a fazer o que tem ser feito, sem mais delongas. E se tiver alguma pendência ainda, seja em amar mais, a você mesmo, ao próximo e principalmente a Deus. Tá falado? abraços a todos

3 comentários:

  1. Ah, aqui a gente chama esse doce de "doce de leite talhado"!
    rsrsrsrs
    Quase não identifico com esse nome aí, rsrsrs.

    Mas confesso que mesmo muita gente fazendo esse doce ao longo do Nordeste, prefiro o tradicional doce de leite pastoso e macio mesmo. O talhado tem um azedume esquisito, rs.

    Gostei do seu blog. Tem receitas de várias guloseimas que eu aprecio.

    Mariana, Natal-RN.

    ResponderExcluir
  2. Pois é menina, mas acho que é este nome mesmo, doce de leite talhado
    kkk, é que em casa a gente apelidou o doce assim por causa da
    dificuldade em deixar o leite com aquelas bolas!!! Mas eu gosto demais
    desse doce, mesmo azedinho! Obrigada pelo comentário, em breve estarei
    postando mais novidades, obrigada, um abração!!

    ResponderExcluir